A- A A+

Contato: 88 3517 1204 / Atendimento: 07:00 às 13:00

Eúde Lucas, presidente, e Alcides Duarte, diretor executivo administrativo, do SAAE de Jucás, juntamente com representantes de vários outros SAAEs e serviços de saneamento municipal do Ceará, dentre muitas outras autoridades e representantes de instituições importantes e de SAAEs de outros estados brasileiros, estiveram presentes a este grande evento que foi o 48º CNSA – Congresso Nacional de Saneamento da ASSEMAE.

O 48º Congresso Nacional de Saneamento da ASSEMAE teve início no domingo, dia 27/05, com reunião do Conselho Diretor e o credenciamento. Da segunda-feira, dia 28/05 até a quarta-feira, dia 30/05, cumpriu-se a programação normal com painéis, mesas redondas, seminários, mini-cursos, palestras, apresentações de tecnologias e trabalhos técnicos, em diversos temas, como: Alternativas de financiamentos para o saneamento público; Eficiência energética: identificar potencial de economia no bombeamento; Passo a passo para elaboração de planos municipais de saneamento básico; Desburocratização do acesso a recursos federais no setor de saneamento básico; Mudanças climáticas, enfrentamento da crise hídrica e convivência com a seca; Eficiência energética e controle das perdas de água; Seminário de gestão: modelos, estratégias e resultados; Estratégias para desenvolver o saneamento no Nordeste: oportunidades e desafios; Plano Nacional de Capacitação da ASSEMAE – Gestão e engenharia de resíduos de estações de tratamento de águas de abastecimento; Eficiência energética: economizar pela gestão de faturas elétricas; O papel da regulação para a melhoria da gestão dos serviços de saneamento; Atribuições municipais na política nacional de resíduos sólidos: prestação direta ou terceirização; Segurança hídrica, gestão integrada e a importância da água subterrânea nos sistemas de abastecimento municipais; Objetivos de desenvolvimento sustentável: o papel das empresas de saneamento no ODS 6; Alternativas de fontes de energia  para o saneamento básico; Gestão comercial, qualidade do atendimento e satisfação do usuário; Conjuntura do saneamento básico brasileiro: marco legal e o que é necessário para universalizar; Eficiência energética – participar em chamadas públicas do Programa de Eficiência Energética da ANEEL; Qualidade e tratamento de água: sistemas alternativos, semiárido e novas tecnologias; Efetividade de participação na política de saneamento básico: planejamento e controle social.; Soluções para disposição dos efluentes e técnicas de reuso.
Durante todo o Congresso teve um espaço específico para os expositores da Feira de Saneamento com os estandes das empresas, onde citamos algumas mais conhecidas pelo SAAE de Jucás: ASSEMAE Regional Nordeste II, JF Serviços e Consultoria, J3A Soluções

EBARA

SAGA Medição, Sabará Químicos e Ingredientes, FAE Sistemas de medição, INAPI Tecnologia da água, LAO Indústria, FUNASA, dentre outras.

A abertura oficial do 48º Congresso Nacional de Saneamento da Assemae reuniu na segunda-feira, 28/05, em Fortaleza (CE), lideranças nacionais e regionais que atuam no setor de saneamento básico. Prestigiada por gestores e técnicos de municípios brasileiros, a cerimônia reforçou o importante papel da Assemae para garantir o avanço do saneamento básico no Brasil, considerando a prestação de serviços municipais cada vez mais eficientes.
Na ocasião, o presidente da Assemae, Aparecido Hojaij, destacou a contribuição da entidade a favor do saneamento básico, além de ressaltar a urgência de priorizar as políticas públicas destinadas ao setor. “Levando em consideração a proximidade das eleições de 2018, nós deixamos claro aqui a necessidade de que os candidatos e, posteriormente, os eleitos, assumam o compromisso com o saneamento básico”, acrescentou.
Hojaij também lembrou que a Assemae permanecerá atuando fortemente para garantir a titularidade municipal do saneamento básico, com gestão de qualidade, esperando que as possíveis mudanças legais fortaleçam o protagonismo dos serviços municipais. “No nosso cotidiano, vemos claramente que o saneamento precisa de mais incentivos, principalmente recursos financeiros, gestão de qualidade e políticas públicas efetivas. Por isso, a Assemae não medirá esforços para fomentar a construção de um cenário positivo aos municípios”, frisou.
Como anfitrião do evento, o presidente da Assemae Regional Nordeste IV (CE/RN) e diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Jaguaribe (CE), Ronaldo Nunes, agradeceu a presença dos municípios que se esforçaram para participar do evento. “Assumimos este desafio de trazer o Congresso da Assemae para o Ceará e estamos cumprindo com êxito. Desejo que todos aproveitem o momento de forma intensa, compartilhando novas experiências exitosas a favor do saneamento municipalista”, reforçou.
O próximo Congresso Nacional de Saneamento da Assemae ficou previsto para Cuiabá-MT. “Foi realmente um evento de uma magnitude ímpar e de muita aprendizagem e troca de experiências. Os SAAEs do Ceará se reuniram para discutir problemas relacionados à gestão, finanças, regulação, investimentos, operação, manutenção dos sistemas de abastecimentos de água e de esgotamento sanitário. Novas discussões, especialmente sobre a regulação devem acontecer em breve e considero muito importante que a Assemae promova mais integração e proximidade entre os SAAEs, para que se ajudem uns aos outros e se unam para o fortalecimento da categoria e dos sistemas municipais de saneamento, que são pressionados a passarem sua concessão tanto par ao Governo do Estado por meio da CAGECE, quanto para a iniciativa privada. É preciso que os SAAEs estejam unidos e fortes e lutando por melhorias e investimentos no saneamento municipal administrado e gerenciado pelos SAAEs”, ressaltou Alcides Duarte do SAAE de Jucás.

No dia 03 de maio, Alcides Duarte participou da 58ª Reunião Ordinária do CSBHAJ - Comitê da Sub-Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe, no auditório do Campus Institucional Humberto Teixeira (UECE/URCA), no Iguatu. Contou com a presença da maioria de seus membros que representam quase todos os municípios da Região do Alto Jaguaribe, de Tauá a Orós.

O SAAE

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE de Jucás – é uma autarquia municipal, da administração indireta deste Município, criada pela Lei nº 12/71, de 30 de novembro de 1971, na administração do prefeito Adalberto Fernandes Luna. LEIA MAIS